Avenida Jornalista Roberto Marinho Banespa no Brooklin

Avenida Jornalista Roberto Marinho no Brooklin A Avenida Jornalista Roberto Marinho é uma importante avenida do município de São Paulo. Inicia-se na Marginal Pinheiros, na vistosa Ponte Octávio Frias de Oliveira e termina nas proximidades do Congonhas, no distrito do Campo Belo.

O projeto da avenida foi iniciado pelo ex-prefeito Jânio Quadros, que no entanto deixou o cargo antes de iniciar a construção.

A obra foi interrompida por Luiza Erundina e retomada por Paulo Maluf em 1993, sendo inaugurada pelo prefeito dois anos depois mas só concluída no governo Pitta

Na sua inauguração no final de 1995, fora concluído apenas 4,5 km, ao custo de R$ 840 milhões, o que a tornou a avenida mais cara do mundo na época. As suspeitas de superfaturamento levaram a questão à CPI do Banestado, sobre evasão de divisas, em 1993 .

Inaugurada como Avenida Águas Espraiadas, a avenida teve seu nome alterado em dezembro de 2003 pela prefeita Marta Suplicy. A mudança homenageia o jornalista Roberto Marinho, falecido em agosto do mesmo ano, aos 98 anos de idade.

A mudança de nome foi feita em desrespeito à Lei Municipal 13.180, que desde 2001 permite mudança de nome de ruas apenas em casos de homonimia (ruas com nomes iguais ou muito parecidos) ou quando se tratar de nome "suscetível de expor ao ridículo moradores ou domiciliados no entorno". A homenagem foi justificada com a frase "não se escreve a história do Brasil nos séculos 20 e 21 sem o jornalista Roberto Marinho".

Controvérsia

No dia 18 de outubro de 2004, grupos que lutam pela democratização dos meios de comunicação rebatizaram informalmente a Avenida Jornalista Roberto Marinho de "Avenida Vladimir Herzog", pois consideraram aviltante o rebatismo feito pelo poder municipal, que homenageava um empresário que havia apoiado a ditadura militar.

Em protesto, fizeram o rebatismo popular para o nome do jornalista morto pela ditadura em 1975. A manifestação foi reprimida pela polícia com violência e prisão.

Expansão

Em 2008, o prefeito Gilberto Kassab inaugurou o Complexo Viário Real Parque, composto pela Ponte Octávio Frias de Oliveira e mais duas alças de acesso que ligam a Avenida Jornalista Roberto Marinho à Marginal Pinheiros. Esta obra corresponde à primeira fase da expansão da avenida.

No futuro, planeja-se a extensão da avenida, ainda sub-utilizada, até a Rodovia dos Imigrantes, servindo como alternativa à já saturada Av. dos Bandeirantes. Este projeto será feito em duas etapas. Na primeira, haverá a ligação do final da avenida com a Rua Pedro Bueno e na segunda etapa, será construído um túnel que dará acesso direto à Imigrantes.



Fonte: http://pt.wikipedia.org/




  Sobre o EncontraBrooklin
Fale com EncontraBrooklin
Anuncie no EncontraBrooklin
Cadastre sua Empresa no EncontraBrooklin (grátis)



Termos EncontraBrooklin | Privacidade EncontraBrooklin


Bandeira da cidade de São Paulo